TANGO

Dança dos corpos.

Luta vã.

Enlaçados, os apaixonados bailam uma cadência de suspiros e dilemas.

Olhos mirando o movimento rápido de outros na ãnsia de buscar mais.

Bocas que quase se tocam em movimentos de ondas que tentam enlaçar o impossível.

Sonhos que desfilam a cada passada , a cada abraço, a cada rodopio onde as palavras não precisam ser ditas.

Apenas a cadência das pernas entrelaçadas, as respirações ofegantes e aquele desejo suspenso no ar.

A melancolia existente em cada encontro, que persiste na paixão e que permanece na despedida.

O tango representa o desejo do ápice, de eternizar algo que sabemos não ser possível.

Talvez contenha a fórmula que tanto buscamos em cada dia de nossas vidas, paixões eternizadas no segundo em que bocas se encontram e em que corpos se entrelaçam na cadência frenética de um amor sem começo e nem fim.

21/02/2017

1 Comment

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s