ACONCHEGO

No abraço,

O lívido aconchego dos corpos tesos, agora emaranhados de prazer.

No beijo,

O sabor dos frutos proibidos, sorvidos em cada gota de prazer.

E no tempo,

Marco de uma nova aurora, representa este encontro de almas e a sutileza de fundir o universo inteiro em um único momento do aqui e agora.

Solange Biolcatti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s