APELOS DE PAZ

Apelos de paz surgem na imensidão do espaço.

Vemos este apelo em múltiplas culturas.

Vemos este apelo em múltiplas línguas.

Somos partes desta mesma energia, deste mesmo todo, estamos unidos, embora muitas vezes, imaginamos ser isto uma ilusão, mas, a dor de outros abre em nós um vácuo que não sabemos explicar e que se instala em nós gerando um processo corrosivo.

E vemos os apelos de paz surgirem:

No olhar sábio da senhora que o tempo congelou na fotografia,

No sorriso que esboça a criança,

Na súplica silenciosa daquele que já sofreu na própria pele as violências, a fome, as guerras.

Paz também pulsa em nossos corações, buscando um sentido para a existência.

A paz surge graciosamente na natureza que tudo nos oferta sem nada pedir em troca, e no amor universal que nos é doado por aqueles que já entenderam o sentido de tudo.

 

Solange Biolcatti – 26/02/18.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s